Bannerid

domingo, 1 de junho de 2014

Cruzeiros e acessibilidade





A Royal Caribbean recebeu um prêmio por ter incorporado novos programas para passageiros que possuem autismo, incluindo treinamento e refeições especiais como as sem glúten ou sem lactose. Também criou um livro de história para introduzir o conceito de cruzeiro para crianças com autismo e sessões de cinema com liberdade para falar e caminhar e iluminação mais forte. Além disso a companhia estuda melhorar o sistema de embarque e desembarque para evitar longas esperas, um fator estressante para esses passageiros. Mas a própria organização Autism on the Seas também disponibiliza em linhas de cruzeiros seu pessoal treinado para prestar apoio às famílias.
Às famílias que tiverem interesse convém consultar previamente em uma agência de viagem o destino e as atividades que serão oferecidas no navio. Outras companhias de cruzeiro já estão na lista de amigos do Autism on the Seas como a Disney Cruises, Carnival Cruises e Celebrity Cruises.


E mais um aplicativo para smartphones voltado para os cruzeiros promete ser útil para quem busca conforto e acessibilidade a bordo. O Barrier-Free Cruising é um app desenvolvido a ajudar o turista a pesquisar cruzeiros que atendam às suas necessidades. Atualmente o app Barrier-Free está disponível para as plataformas Android e Opera Mobile.

Abaixo estão alguns links de companhias que atuam no mercado brasileiro, outras companhias e outros aplicativos podem ser vistos no nosso link sobre apps para smartphones Android.


Barrier-Free Costa Cruzeiros

Barrier-Free MSC Cruzeiros

Barrier-Free Royal Caribbean



Testamos o aplicativo Barrier-Free para a Costa Cruzeiros. Num primeiro momento, se faz necessário entender inglês, o app só usa este idioma. Olhando com mais calma vimos que ao clicar sobre cada navio da frota há uma tabela mostrando o que cada navio oferece, desde serviço de quarto para diabéticos até acesso ao Spa em cadeira de rodas. O aplicativo também fornece um tipo de FAQ sobre mobilidade, deficiências visuais e auditivas e para quem faz uso de Oxigênio. Ao invés de ir nos sites e procurar pelo tópico de acessibilidade, o aplicativo acaba sendo um atalho útil.



Nenhum comentário:

Postar um comentário